Resenha: O Pequeno Príncipe



Autor: Antoine de Saint-Expupéry
Editora: Agir
Páginas: 93
Mais informações
Compre aqui
Sinopse:
O Pequeno Príncipe, devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações... O reencontro, o homem-menino.

Resenha:
Um personagem sem nome - mas que deve ser uma pessoa grande, pois pilotava um avião - teve que pousar no meio do deserto do Saara, muito longe de qualquer civilização. Seu suprimento de água é escasso e para sair dali precisa consertar sozinho o motor do avião. Então, de repente, surge um menino lhe pedindo que desenhe um carneiro pequeno, pois o planeta de onde veio é não tem muito espaço e ele precisa de um carneiro que coma os brotos de uma planta que põe seu pequeno planeta em risco. Para o azar do Pequeno Príncipe, as pessoas grandes aconselharam que o personagem anônimo deixasse os desenhos de lado e se dedicasse aos estudos. Após algumas tentativas, no entanto, o personagem anônimo agrada ao Pequeno Príncipe. O menino conta como as coisas são no seu planeta, e conta sobre sua jornada em vários planetas por onde passou até chegar à Terra.
A obra, que, a princípio, seria uma história infantil, acaba apresentando um conteúdo filosófico de forma poética. O Pequeno Príncipe é uma criança curiosa, que não desiste de uma pergunta depois que a tenha feito e tenta entender porque as pessoas grandes agem da forma como agem. Além disso, a sua passagem por alguns planetas habitados por pessoas grandes arrogantes, gananciosas, bêbadas e escravas do trabalho nos conduzem a uma reflexão sobre a sociedade moderna e a forma como pensamos. 


A linguagem utilizada pelo autor é um grande diferencial quando comparada a outras obras infantis. O livro é curto, com letras grandes e espaçadas e apresenta aquarelas do próprio autor, tornando a leitura fluida e agradável.



Meu exemplar de "O Pequeno Príncipe" traz na contracapa a seguinte reflexão:
Livro de criança? Com certeza.
Livro de adulto também, pois o homem traz dentro de si o menino que foi.
Como explicar a adoção deste livro por povos tão variados, em tantos países de todos os continentes? Como explicar que ele seja lido sempre por tantos milhões e milhões de pessoas? Como explicar a atualidade deste liro traduzido em oitenta línguas diferentes?
Como compreender que uma história aparentemente tão ingênua seja comovente para tantas pessoas?
O Pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia a dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino.
Amélia Lacombe

Se você ainda não leu "O Pequeno Príncipe", tenho certeza que o colocará na sua lista depois dessas palavras.




5 comentários:

  1. Esse é um dos melhores livros que já li. Apesar da linguagem infantil, aprendemos mais coisas do que em praticamente todos os livros adultos.
    Certamente é um dos livros mais amados da minha estante.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando terminei de ler fiquei me questionando porque eu não havia lido ainda! É uma bela história, realmente, e nos ensina muito.
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá, que bom que encontrei essa resenha rsrs porque depois que li e resenhei aqui
    http://resenhandoaarte.blogspot.in/2014/09/o-menino-principe-resenha.html um livro (O menino príncipe) escrito por um brasileiro, inspirado na obra que.você resenhou, decidi que precisava ler! Adorei a resenha, me trouxe uma ótima impressão do livro e vou procurar ler! Beijos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aliscia! Recomendo muito que leia O Pequeno Príncipe. Fiquei apaixonada pela simplicidade e, ao mesmo tempo, as lições que ele ensina!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Gabe!
    O "Pequeno Príncipe" é um dos meus livros favoritos da vida. Mas cadê você na blogosfera?

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir

Bem-vindos ao Mundo Mágico dos Livros!